Sábado, 19 de Fevereiro de 2005

Recado do Além

Recado do Além
Na cidade de Garanhuns - PE existe um senhor conhecido por Zezinho Barros excelente músico (acordeom) que na década de 60 tocava nos pés de serra, fazendas, e bares do interior de Pernambuco. Na mesma época ele conheceu uma menina com quem começou a namorar, e anos após casou. Um ano depois de terem casado tiveram o primeiro filho que passou a ter o mesmo nome do pai, quatro anos se passaram quando a esposa de Zezinho começou a sentir dores muito fortes, e após um exame ela descobriu que estava com um tipo de câncer incurável, trazendo muita tristeza para toda a família, mas como era de uma família muito religiosa tinha esperança de uma cura, porem tudo em vão um ano após a descoberta da doença ela morreu com 22 anos deixando o marido revoltado, e que não se conformava com aquela situação.

Zezinho passou a viver sozinho com o filho, e alguns meses após a morte de sua esposa ele conheceu outra moça com quem começou um novo relacionamento para tentar uma vida normal, só que não queria casar novamente, apenas passariam a viver juntos e de uma forma tranqüila tentou convencer a moça, ela era de boa família e talvez seus pais não aceitassem então pediu um tempo para tentar convencer os pais.

Nessa mesma noite quando se preparava para dormir levantou assustado com os gritos de seu filho o chamando que gritava pedindo para tirar sua mãe de cima dele, Zezinho achou apenas se tratar de um pesadelo, mas quando entrou o quarto sentiu que o quarto estava muito frio e notou que ao lado do menino tinha um vulto um pouco claro, ao chegar mais perto viu sua esposa falecida segurando a mão de seu filho, ele ficou paralisado com a cena enquanto a criança chorava dizendo "papai peça para mamãe me soltar, a mão dela esta muito gelada" após estas palavras o vulto seguiu em sua direção segurou em sua mão e disse "Por favor se case com a moça, ficarei aqui por alguns dias e se não haver o casamento minha alma vai para o inferno" falou estas palavras em seguida deu 7 tapinhas em sua mão e desapareceu se transformando em uma nuvem branca, Zezinho não conseguiu dormir preocupado com aquela aparição.

Ele conseguiu fazer o que sua esposa pediu, casou, mas confessou que na igreja durante o seu casamento sentiu a presença de sua esposa falecida. Zezinho Barros hoje ainda mora em Garanhuns, é casado, e se lembra perfeitamente de toda história, Zezinho Filho também é músico e não se lembra de sua mãe.

Historia verídica enviada por Silvério Vieira da Radio Olivença FM
publicado por J.F às 23:55
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Teosofia

. Uma história

. Mar do Diabo

. PES (Percepção extrasenso...

. Fantasmas (poltergeists)

. Telergia

. VISÃO DE PARAPSICOLOGIA A...

. Cientistas admitem a medi...

. Combustão humana espontân...

. Parapsicologia

.arquivos

. Junho 2006

. Março 2005

. Fevereiro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds